Blog |
voltar

Densitometria óssea x Osteoporose: como cuidar da saúde dos seus ossos

Densitometria óssea é um exame que mede a densidade mineral dos ossos, através do cálculo da concentração de cálcio e da comparação com  padrões de idade e sexo. A densitometria é o método mais seguro para avaliação da massa óssea e para o diagnóstico de doenças nos ossos, como a osteoporose.

Os ossos são a sustentação do nosso corpo, é a fonte de cálcio necessária para a execução de diversas funções, como os batimentos cardíacos e a força muscular, tem atuação fundamental na locomoção, armazenam energia e produzem células sanguíneas, como o caso da medula óssea vermelha, presente na parte interna de alguns ossos, que fabrica leucócitos, entre outros.

Portanto, a saúde óssea merece atenção e cuidados. O diagnóstico precoce de doenças pode ser a chave para um tratamento de sucesso.

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma doença que causa a perda de massa óssea e, consequentemente, provoca a diminuição da densidade dos ossos, que ficam ocos, finos e sensíveis.

Normalmente, a osteoporose está relacionada ao processo de envelhecimento, mas pode ocorrer por diferentes fatores e, em graus elevados, o osso fica suscetível a fraturas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a osteoporose atinge dez milhões de brasileiros.

Pprocesso Osteoporose

Como descobrir se eu tenho?

A osteoporose é uma doença silenciosa e, infelizmente, em alguns casos, o paciente só a descobre após uma fratura. O ideal é que exames preventivos sejam feitos, para que a doença seja diagnosticada e evite que isso aconteça

Este problema pode se manifestar em qualquer pessoa, porém aparece principalmente em idosos e pessoas do sexo feminino. Para pacientes acima de 50 anos, principalmente mulheres em fase de Peri/Menopausa, a densitometria óssea é recomendada periodicamente como, por exemplo, uma vez ao ano. Este exame é preciso, seguro e, além de trazer o diagnóstico,  aponta a intervenção necessária para cada caso.

É importante estar atento ao corpo, observar os sinais e, principalmente, fazer consultas aos profissionais especializados.

Quem deve fazer Densitometria Óssea?

Embora a osteoporose esteja associada ao envelhecimento, não só os idosos devem buscar cuidados e prevenção.  Abaixo listamos outros grupos e se você pertence a algum deles, busque orientação médica para saber as devidas recomendações.

  1. Pacientes com histórico familiar de osteoporose
  2. Pacientes com osteopenia (sugere a perda de massa óssea e, se não tratada, pode levar à osteoporose)
  3. Pacientes sedentários
  4. Pacientes com problemas na tireoide
  5. Pacientes fumantes
  6. Pacientes mulheres na menopausa
  7. Pacientes que fazem uso contínuo de corticoides
  8. Pacientes com doença reumática
  9. Pacientes com doença gastrointestinal
  10. Pacientes com cálculo renal

Como funciona este exame?

A densitometria óssea é realizada por meio de aparelhos que avaliam as áreas mais sujeitas ao risco de fraturas. Para avaliação da massa óssea, as partes de interesse na obtenção das imagens são, preferencialmente, o fêmur e a coluna vertebral.

As medidas calculadas pela densitometria são classificadas em normais, osteopenia, que é a primeira fase de baixa densidade mineral e osteoporose, que é a última.

A Tomocenter conta com o equipamento Lunar®, que alia precisão e rapidez na execução dos exames, que pode durar de cinco a 15 minutos.  Além disso, é indolor, não invasivo, não gera desconforto e, principalmente, há pouca exposição à radiação ionizante.

Nosso aparelho também permite realizar o exame de corpo inteiro. Assim é feita a medida da composição corporal discriminando os percentuais de tecido magro (músculo) e tecido gorduroso em cada segmento do corpo.

Para este procedimento, não é necessário  um preparo especial, apenas não fazer uso do comprimido de cálcio nas últimas 24 horas antes do exame, para que não interfira no resultado.

Exame osteoporose

Tratamento e prevenção

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), a prevenção à osteoporose acontece na infância e na adolescência. Os pais devem estimular a ingestão de leite e derivados, orientar sobre fatores de risco e sobre a prática exercícios físicos que requeiram força muscular. Medidas que também podem ser praticadas na fase adulta.  Além disso, é importante fazer consultas regulares ao médico, pois pode ser necessário aumentar a dosagem de cálcio por suplementação.

Em se tratando do tratamento, ainda segundo a SBR, assim que a osteoporose é diagnosticada, o tratamento deve ser iniciado. Entre as principais indicações estão: tomar banhos de sol, ingerir leite e derivados, praticar exercícios físicos, fazer o uso de cálcio e vitamina D, eliminar fatores de risco como café, álcool, fumo e sedentarismo.

Nossa equipe terá imenso prazer em atender você e sua família. Para nós, é um privilégio promover saúde através de nossos serviços. A TOMOCENTER está situada na Avenida Barbacena, número 839, entre a Avenida Amazonas e o Hospital Vera Cruz, na capital Belo Horizonte (MG). Venha nos fazer uma visita.

Outras informações: 31 3337.7763 | 31 2513.6001
 contato@tomocenter.com.br

 31-99449.9441

 

Agende seu exame online, com conforto e comodidade

Clique aqui para solicitar seu agendamento

Agende seu exame

Solicite o agendamento do seu exame online, com conforto e comodidade.

SOLICITAR AGENDAMENTO